Três passos para impulsionar suas publicações com precisão

Para os menos familiarizados com a compra de tráfego dentro do Facebook é necessário entender que o primeiro passo, pode ser através do impulsionamento das suas publicações. Entenda agora nestes três passos básicos o que levar em consideração na hora de “colocar dinheiro no Facebook”.

Embora a ferramenta de impulsionamento seja bastante intuitiva, entenda que as projeções que o Facebook oferece são baseadas em determinações generalistas. Você não necessariamente precisa investir os valores sugeridos pelo Facebook porque uma publicação “está com o desempenho 95% melhor que outras publicações”. Não basta clicar “ok”, você deve saber para quem está direcionando seu conteúdo.

Vamos direto aos pontos:

1 – Quem você quer atingir?

Se você ler este artigo somente até este item, minha missão já está cumprida. Este pode ser o item mais importante para você impulsionar com precisão. Para quem seu conteúdo pode ser relevante?

Defina com clareza o local deste público, a faixa de idade e o sexo. Se sua persona corresponde a diferentes perfis, tende ser o mais assertivo possível. Crie diferentes públicos, separados por localidade, sexo e pelos interesses específicos que seu conteúdo diz respeito. Não generalize. Se você não pretende segmentar seu público de acordo com o perfil e interesses específicos, o Facebook não é a mídia certa para você.

Obs. Você também poderá escolher segmentar seu conteúdo para pessoas que já curtem sua página, ou para amigos delas. Essa escolha tende a aumentar um pouco seu alcance orgânico, pois estará mostrando seu conteúdo pessoas que já seguem você, fazendo-as interagir com suas publicações de forma que no futuro, sejam atingidas de forma orgânica.

Não sugerimos apostar nessa opção, pois tende a não ser sustentável. Pode ser mais interessante encontrar novos usuários para com isso, crescer sua rede ao invés de intensificar seu alcance com quem já lhe conhece.

2- Quanto você quer investir?

Saiba que você não precisa aceitar as sugestões de orçamento que o Facebook oferece. O orçamento do seu impulsionamento será diretamente proporcional à projeção de alcance.

O mínimo necessário para o impulsionamento é R$1 por dia. Avalie a relevância do conteúdo em questão, e decida por você mesmo, o quanto vale este impulsionamento. Entenda que diferentes publicações têm diferentes objetivos, e o orçamento deverá ser compatível com os objetivos específicos do conteúdo em questão.

2 – Qual o “prazo de validade” do seu conteúdo?

Em geral as publicações são programadas para rodar em um período de 24h. Entenda que você pode sugerir a data final deste período de impulsionamento. Essa decisão deve ser baseada na perecividade do seu conteúdo. Caso seja algo mais factual, relacionado a algum assunto estritamente do momento, um prazo de 24h pode ser suficiente. Caso seja algo que ainda fará sentido daqui a dois dias, três – ou talvez uma semana – pode ser interessante manter a publicação impulsionada por mais tempo.

O tempo de impulsionamento não muda o potencial de alcance. Você terá o alcance que seu orçamento consegue atingir dentro do público escolhido, lembrando que você deve ter no mínimo R$1 para gastar por dia.

Seguindo estes três passos básicos, você otimiza seu orçamento de mídia e pode encontrar mais sentido para seus conteúdos. Caso você seja mais experiente, lembre-se que é possível inserir um pixel para avaliar se o call to action da sua publicação está sendo efetiva.

Fique atento também para interagir o máximo possível com os usuários que comentarem ou compartilharem sua publicação. Quanto mais eles interagem com seu conteúdo, maior será seu alcance no futuro.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email