Um jornalista te deixará na primeira página do Google

Existe uma forte discussão no meio acadêmico do jornalismo a respeito dos rumos da profissão na era digital. Sabemos que cada vez mais as mídias tradicionais como jornais, revistas, TV e Rádio seguem numa tendência de “desvalorização”.

A verdade é que as mídias tradicionais não estão sendo desvalorizadas, mas sim, estão perdendo espaço para mídias digitais. Tudo gira em torno da audiência. Onde está sua audiência agora?

Dificilmente estará atrás das páginas de um jornal ou revista, e dificilmente também está dependente do rádio ou da TV. Sua audiência está onde você está agora, atrás de um computador ou smartphone.

Você deve estar onde sua audiência está. Por isso afirmo que um jornalista de deixará na primeira página do Google.

Os critérios de avaliação de relevância ainda são de certa forma, os mesmos. Assim como um veículo tradicional constrói sua relevância através da produção de conteúdo original, na internet o mesmo critério é válido.

Um dos principais fatores de qualificação de um site nos resultados orgânicos do Google diz respeito ao conteúdo original que ele contém. A missão da profissão de um jornalista ainda segue a mesma. Produzir conteúdo.

Avalie a participação de um profissional estritamente focado na produção de conteúdo. Sua estratégia de SEO deve ir muito além da escolha de palavras-chave. Entenda que sua posição nos resultados de buscas somente será sustentável, a partir do momento que você  provar para o Google que seu site é a melhor fonte de conteúdo dentro do seu universo de atuação.

Os mais lucrativos programas de e-commerce contam fundamentalmente com um grande fluxo de tráfego orgânico. Pense nisso. Entenda o valor do conteúdo e um jornalista lhe deixará na primeira página do Google.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email