COO: Como ser um Chief Operation Officer de Sucesso?

Muitos ainda não consideram o papel de um COO como relevante para uma organização. Na década passada, as maiores empresas dos Estados Unidos não tinham este profissional em seu negócio.

Em algumas empresas ele é visto como o futuro gestor. Em outras, este cargo não existe.

Contudo, este profissional possui um papel fundamental para uma empresa, principalmente no que se refere a colocar a mão na massa.

Mas, o que é COO? E como se tornar um COO de sucesso? Para saber as respostas, te convido a continuar comigo até o fim!

O que é COO?

COO (Chief Operating Officer) é como se fosse o vice, o segundo cara que comanda as operações e toca o time, sob o comando do CEO. 

Este profissional é um diretor ou chefe de operações que comanda as áreas mais práticas e operacionais de um negócio.

O COO serve como um motivador para os demais colaboradores, levando-os a comprar a ideia da empresa, fazendo os objetivos se tornarem realidade.

O papel do COO na organização

No início dos negócios, é importante que o CEO execute funções primordiais, principalmente no que se refere as vendas, ao marketing e o relacionamento com os clientes.

Mas, conforme o tempo passa e a empresa cresce, o trabalho e as funções do CEO também aumentam e, para que o mesmo não fique sobrecarregado, chega a hora de ele buscar um braço direito.

É da responsabilidade do braço direito ajudar o CEO a criar e estabelecer um sistema de trabalho que funcione.

Assim, o CEO não deixará passar despercebido pontos importantes e poderá focar em problemas mais urgentes e relevantes, se precavendo de situações que a empresa possa vir a enfrentar no futuro.

O segredo está em saber o momento certo de contratar um COO e escolher o melhor profissional para a função, que se encaixe nas necessidades da empresa.

COO + CEO: Uma parceria

De acordo estudos feitos pela Universidade de Harvard, há 7 tipos de COO. Esses tipos vão surgindo conforme as necessidades das empresas se afloram.

Contudo, o COO não pode ser contratado somente com a intenção de se tornar o sucessor do CEO um dia, ou como supridor das necessidades que faltam do mesmo.

Outro ponto importante pra se considerar, é a importância de haver unidade, entrosamento e harmonia na relação de trabalho. Isso fará com que a produtividade flua e as decisões sejam tomadas mais facilmente.

Não tem como uma organização crescer se o CEO querer puxar o pessoal para um lado e o COO para outro, em um verdadeiro cabo de guerra.

Os pensamentos precisam estar alinhados e o diálogo estar sempre presente em todas as situações.

O COO atualmente

Com essa grande evolução tecnológica e as mudanças constantes do mercado, o perfil do Chief Operations Officer tem mudado. 

Para que consiga permanecer no mercado e oferecer um bom trabalho, ele precisa aprender e se atualizar de forma constante.

O COO precisa ser resiliente, antenado as novidades, saber gerir crises, lidar com imprevistos, lidar com clientes, negociar com fornecedores, apresentar soluções a possíveis falhas…

Acredito que se sinta cansado, só de ler as funções de um COO. Mas, não para por aí. Os serviços estão cada vez mais complexos dentro das empresas e este profissional precisa estar se renovando constantemente.

Isso se dá não só pela demanda de trabalho que vem aumentando, mas pela concorrência que vem crescendo nos últimos anos. 

Para se manter no mercado de trabalho, é preciso estar disposto a oferecer algo a mais sempre.

Um bom COO é aquele capaz de oferecer um serviço de qualidade e de forma eficiente.  O gerente de operações, como também é conhecido, precisa buscar desenvolver um sistema mais analítico e precavido.

Contudo, mesmo se precavendo e se atentando aos detalhes, complicações podem ocorrer. É neste momento que um bom COO se destaca, se esforçando para que tais complicações não voltem a acontecer.

Um COO eficiente prepara seus subordinados para enfrentar crises e lida com imprevistos de forma eficaz.

Como ser um COO de sucesso?

Com uma concorrência cada vez mais acirrada é importante desenvolver certas competências e habilidades para segurar seu trabalho.

Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem de ajudar neste processo:

Aprender a ser líder

Pode parecer clichê, pois, sabemos que ser um bom líder é fundamental para todo gestor. Além de conduzir sua equipe a sonhar junto com você, é preciso capacitar e treinar seu potencial para atingir os objetivos traçados.

Uma equipe bem gerida faz toda a diferença, principalmente no que se refere a levar seus subordinados a estarem debaixo da mesma visão e missão. 

O COO precisa conseguir passar sua visão e seu desejo de forma clara e harmoniosa, levando sua equipe a sonhar junto com ele.

Ser adepto à tecnologia da informação

Quando a empresa começa a crescer, a demanda de trabalho aumenta. É difícil acompanhar os dados por si só. Surge então a necessidade de contar com ferramentas que torne este trabalho mais simples e rápido.

O Big Data, por exemplo, tem sido muito utilizado nas organizações. As informações podem ser organizadas e acessadas mais facilmente, visualizadas por meio de um painel de controle.

Existem muitas outras ferramentas e programas que podem auxiliar neste processo. O profissional que sabe utilizar a tecnologia ao seu favor, com certeza estará em vantagem.

Assim também serve com a automação. Utilizar a automação nos processos operacionais, além de economizar tempo, pode levar ao aumento do nível de produção.

A automação auxilia ainda na padronização dos processos e na redução de custos.

Ressaltar seus pontos positivos e acertos

Você, com certeza já ouviu alguma vez aquela velha frase: Quem não é visto, não é lembrado!

Isso cabe perfeitamente no que se refere a tornar visto os seus acertos. 

Este ato não é um sinal de arrogância ou pretensão, mas, é bem provável que todos lembrarão de você quando algo der errado então, porque não lembrar quando algo der certo também?

Desta forma, seus subordinados terão maior confiança no seu trabalho, acreditando que você será capaz de oferecer a melhor saída caso algo saia do controle.

Conte com a sua equipe

Você não precisa dar conta de tudo isso. Se perceber que alguém da sua equipe consegue executar um serviço melhor que você, não se acanhe em pedir ajuda.

Afinal, a humildade também é uma característica de um bom líder. Portanto, aprenda a delegar.

Seja prevenido

É muito comum, principalmente em startups, o crescimento desordenado da empresa, ou seja, a demanda cresce de forma tão acelerada que fica difícil acompanhar.

O bom COO é aquele que consegue se prevenir diante de possíveis problemas e conter situações desesperadoras.

Saiba identificar possíveis complicações

O COO de sucesso consegue ver onde os processos podem ser aprimorados. 

Algo importante para se atentar e que pode auxiliar bastante neste processo são as questões. Saber fazer as perguntas certas é fundamental para encontrar as melhores respostas.

Converse com o seu pessoal. Saiba ouvi-los com atenção. Sem dúvidas, você irá enxergar pontos cruciais que poderão auxiliar em suas tomadas de decisões.

Aprenda a analisar dados

Faça pesquisas, busque por indicadores e encontre a melhor forma de analisar os dados.

Utilizar planilhas, gráficos e outras ferramentas contribuem para uma melhor visão sobre seus resultados e irá facilitar o encontro de seus erros e acertos.

Peça feedbacks

Não tenha medo de pedir um feedback sobre sua gestão e suas ideias. Seus subordinados, muitas vezes, poderão enxergar coisas que você talvez não esteja enxergando.

Seja aberto à sugestões, críticas e utilize isso para o seu crescimento. Ter mais cabeças pensando pode te ajudar a focar naquilo que realmente merece seus esforços.

Invista em seus colaboradores

Busque conhecer os talentos que estão debaixo de você. Se atente para o que sua equipe tem a oferecer e explore ao máximo isso ao seu favor.

Recompensar os seus também é importante! Não esqueça de valorizar aqueles que caminham ao seu lado e se esforçam para que os objetivos da empresa sejam alcançados.

Conclusão

Temos que concordar que ser um COO não é tarefa fácil. São muitas habilidades exigidas para este profissional. Isso se deve a quantidade de responsabilidades que o mesmo possui.

O COO é fundamental para o sucesso operacional de uma empresa, já que é o profissional que coloca a mão na massa e auxilia o CEO em suas tarefas.

Foram apresentados aqui, somente algumas dicas simples de se tornar um COO de sucesso, mas fundamentais para aqueles que pretendem seguir este caminho.

Aqueles que buscam se aprimorar, consegue se adaptar as mudanças e estão abertos a novas perspectivas, são aqueles que se destacam no meio de tantos outros.

Bem se sabe que, se destacar em um mercado cada vez mais importante, é fundamental para fazer com que essa profissão continue sendo cada vez mais necessária.

Um CEO, talvez, não conseguiria levar uma empresa ao topo sem a ajuda de um braço direito. Essa ideia, faz com que o COO seja o profissional adequado as necessidades da organização.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email