Os Segredos de uma Landing Page de Alta Conversão

Realizar ações de marketing digital, hoje em dia, é conectar diversos canais com o objetivo de se conectar com o seu público e buscar conversões. Nesse processo, as landing pages de alta conversão são muito importantes.

Qualquer negócio que busque performance nas suas mídias digitais, ou seja, transformar os seus conteúdos em clientes, precisa ter, na sua estratégia, páginas de captura que realmente exerçam o seu papel com maestria.

No entanto, existem alguns conceitos que precisam estar frescos na cabeça de quem cria tais páginas, já que o processo de convencimento do visitante em lead ou cliente é rápido e não permite falhas.

Portanto, ao criar uma página que receberá visitantes, é fundamental que a sua comunicação prenda a atenção, crie um sentimento de desejo e a estrutura dos elementos favoreça a ação de conversão.

Na teoria, isso parece uma tarefa muito difícil, porém, na prática você perceberá que é mais simples do que parece. Tudo o que você precisa fazer é garantir que o manual básico será seguido.

Então quer dizer que existe um manual para criar landing pages de alta conversão? Na verdade, não é exatamente assim, mas é fato que algumas práticas possuem mais chance de dar certo do que outras.

Os Segredos de uma Landing Page de Alta Conversão

Para que servem as landing pages?

Antes de irmos para a parte mais imersiva do nosso conteúdo, é interessante que seja esclarecida a real função das landing pages. Apesar de parecer óbvio, algumas pessoas acabam esquecendo do motivo de elas existirem.

Em um primeiro momento, você pode ter lembrado de diferentes funções para uma landing page, como mostrar um produto ou serviço, contar a história da sua empresa, captar leads ou vender algo.

Porém, na realidade, as landing pages possuem um único objetivo: conversão. Seja para mostrar um produto, uma empresa ou um material, o objetivo sempre será levar o visitante para um passo mais avançado.

Tendo isso em mente, você precisará entender que toda a sua estratégia na hora de criar uma landing page de alta conversão está voltada para o ato da conversão.

Desta forma, ficará mais fácil alinhar a linguagem e se conectar verdadeiramente com o seu público, já que o seu objetivo deve ser sempre resolver um problema que o incomoda.

Pilares da conversão

Dentro do processo de convencimento, existem algumas premissas que não podem ser esquecidas. Chamamos de pilares da conversão alguns parâmetros que estarão presentes em 100% das páginas.

Independentemente do produto ou do tipo de comunicação, estes conceitos estarão visíveis e poderão ser facilmente identificados. São essas premissas que aproximarão o seu visitante do ato de conversão. Conheça-os.

Copywriting

Não existe a menor possibilidade de se falar em landing pages de alta conversão sem falar de copywriting. É exatamente essa palavra que faz com que o visitante se torne um lead ou um cliente.

Em suma, copywirting, ou só copy, é um conjunto de técnicas de comunicação que conduzem uma pessoa a executar determinada ação. Na prática, você organizará a sua comunicação para levar o prospecto ao ato desejado.

Conhecer as técnicas de copy, como os gatilhos mentais, por exemplo, é fundamental para que as suas páginas ganhem potencial e melhorem significativamente a performance das suas campanhas.

Estrutura

Como citei no início do texto, além da comunicação, a estrutura da página precisa contribuir para que o usuário converta. Botões nos lugares certos, organização das seções, tudo isso faz a diferença.

Além de criar as seções certas dentro da página, é importante que elas estejam em uma sequência lógica, que conduza o usuário e o convença à medida que ele consome o conteúdo ali presente.

Existem diversos modelos de landing page, cada um com uma estrutura diferente, porém, todas elas são justificadas e planejadas de forma que mantenham uma linha de raciocínio.

Mais a frente, falaremos um pouco mais sobre a estrutura da página e algumas práticas que são essenciais e não podem faltar de forma alguma.

Público

Naturalmente, como em qualquer ação de marketing, o público certo precisa ser atingido para que a sua página seja realmente de alta conversão. Afinal, se as pessoas erradas a acessarem, as chances de conversão diminuem muito.

Por exemplo, se uma empresa de carnes criar uma página e anunciar para um público vegetariano, nem as melhores técnicas poderão convencê-las a converter.

Portanto, entenda que os resultados das suas landing pages estão diretamente ligados ao público. Maus resultados nem sempre fazem uma página ser ruim. Às vezes, são as pessoas erradas que estão a acessando.

Produto

Chamamos de produto o objeto que está sendo comunicado na página. Este produto pode ser a sua empresa, um serviço, um material rico ou um produto propriamente dito.

Basicamente, ele será o ponto central da comunicação, o solucionador dos problemas que o seu público possui. Ter um produto de qualidade é outro princípio básico para a performance de uma landing page.

Dessa forma, tenha a garantia de que o produto ofertado seja de real qualidade e que entregue o que promete. Caso contrário, por mais que a sua comunicação seja boa, a performance pode não ser das melhores.

Essa é, inclusive, uma máxima dos maiores players de marketing do Brasil: não existe marketing bom para vender produto ruim.

Elementos necessários em uma landing page de alta conversão

Falando um pouco mais de estrutura, precisamos destacar aqueles tópicos que são fundamentais e que estão presentes em quase todos os casos de landing page de alta conversão.

Vale lembrar que, dos itens apresentados a seguir, nem todos são necessários em 100% dos casos. A quantidade de artifícios de convencimento é proporcional ao nível de consideração necessária para a conversão.

Por exemplo, para comprar uma bala, o visitante precisará considerar menos fatores, já que é um produto relativamente barato. Já para comprar um carro o cenário muda e você precisará de mais artifícios de convencimento.

Portanto, a objetividade também é importante. Você deve comunicar sempre o necessário, mas não se estender muito para não tornar a jornada maçante e correr o risco de perder o visitante no meio do caminho.

Super promessa

Começamos por um tópico unânime, que é necessário em qualquer landing page, em qualquer cenário e para qualquer público. A super promessa SEMPRE estará presente nas suas páginas de alta conversão.

De forma resumida, uma super promessa nada mais é do que um título que promete uma transformação para o visitante. Essa transformação precisa resolver um problema e ser boa o bastante para chamar a sua atenção.

Para cria-la, existem algumas técnicas e, até mesmo, algumas fórmulas que já foram testadas e comprovadas. O mais importante é saber que uma transformação precisa ser prometida. Veja os exemplos:

  1. [E-BOOK] Guia para perder peso treinando menos;
  2. [PLANILHA] Organize o seu planejamento de marketing com uma única planilha;
  3. [LIVE] Entenda como criar campanhas de alta performance no Facebook Ads.

Justificativa

Depois de prometer algo, você precisará explicar como a transformação será entregue. Basicamente, na promessa você vai dizer o que fazer, já na justificativa você mostrará como fazer.

Normalmente, a super promessa despertará um pensamento semelhante a “isso é bom demais pra ser verdade”. Com a justificativa, você mostrará que é possível atingir tal transformação prometida. Veja os exemplos:

  1. Baixe agora um passo a passo que vai te mostrar como uma rotina de treinos bem construída e uma alimentação saudável podem te trazer mais resultados;
  2. Em vez de utilizar vários programas, agenda e qualquer outro método de organização, centralize o seu planejamento em uma planilha e otimize o seu tempo;
  3. Uma aula completa que vai te mostrar exatamente como o Facebook Ads funciona e quais são as técnicas ideais para criar campanhas de sucesso na ferramenta.

Prova/prova social

Estes dois tópicos nem sempre estarão presentes nas suas páginas. Normalmente, a utilização dos gatilhos mentais de prova e prova social se dá em páginas que exigem um maior nível de consideração do usuário.

Logo, se a sua landing page entrega um material gratuito, como um e-book, ou convida para uma live grátis, pode ser que esses gatilhos fiquem de lado. Porém, para vender um produto, eles são essenciais.

Basicamente, o gatilho de prova é a comunicação que mostra que a sua promessa realmente funciona. Normalmente, você provará que o seu produto ou método já foi testado e funciona.

Um exemplo disso são os anúncios da Polishop, que normalmente mostram “antes e depois” de pessoas que utilizaram determinado produto de ginástica. Essa prática “prova” que aquela promessa é comprovada.

Já a prova social se resume à utilização de pessoas reais para a promoção do produto, como depoimentos de clientes, que é o método mais comum de aplicação deste gatilho.

Chamada para a ação

Por fim, outro tópico que não pode faltar, de forma alguma. A chamada para ação, ou Call to Action (CTA), é a cereja do bolo, que convida o usuário a executar a ação desejada.

Normalmente, as chamadas para a ação estão espalhadas pela página em forma de botões e frases curtas. No entanto, é fundamental que exista uma seção somente de CTA.

Esta seção pode conter um formulário de cadastro ou até mesmo um link de pagamento, que direcione a pessoa para um carrinho de compra. O mais importante é direcioná-la para o ato da conversão.

Conclusão

É claro que existem mais pontos que são relevantes para uma landing page de alta conversão, porém, os conceitos apresentados acima são a espinha dorsal de uma página que entrega performance.

O mais importante, sempre, é que você coloque em prática cada um dos conceitos, execute testes e analise calmamente o que funciona e o que não funciona para o seu negócio.

V4 Company

Quer saber como se tornar um verdadeiro profissional de Marketing?

Aprenda com os melhores profissionais conceitos como:
Fundamentos de negócios,
Fundamentos de marketing,
Como atender seus clientes,
Como vender o seu serviço
E diversos outros módulos que formam um verdadeiro cientista do Marketing.

Não perca a chance de transformar sua carreira com o domínio destes conhecimentos

Clique aqui e conheça a nossa formação em Marketing.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email