Marketing Digital para Roupas e Acessórios

O mercado de comércio de roupas e acessórios tem crescido consideravelmente no mundo digital nos últimos anos, principalmente com o surgimento de diversos brechós e pequenas lojas particulares.

Esse movimento aqueceu o mercado e elevou a concorrência, fazendo com que os lojistas percebessem uma necessidade de se diferenciar da grande massa e entregar reais diferenciar para captar a atenção do público.

Naturalmente, não é tão fácil realizar esse trabalho de destaque, porém, com organização e dedicação, é possível tornar os canais digitais importantes ferramentas de vendas e relacionamento com os clientes.

Este artigo tem o objetivo de te ajudar a realizar ações eficazes de marketing e tornar esse trabalho algo sério e mais profissional e fazendo você entender de vez como fazer marketing digital para roupas e acessórios.

Marketing Digital para Roupas e Acessórios

Começando pela estrutura do negócio

Não existe estratégia de marketing coringa que sirva para qualquer segmento de mercado ou tipo de comércio. Portanto, possuir um posicionamento básico da sua loja é fundamental para captar mais clientes.

No geral, dois quesitos principais influenciam diretamente no marketing digital para roupas e acessórios. São eles:

  • Nicho de mercado bem definido;
  • Público-alvo vem definido.

Nicho de mercado

Antes de sair oferecendo roupas e acessórios na internet, é interessante que você possua um nicho definido e que este te possibilite atuar de forma personalizada e menos generalista.

Por exemplo, a forma como você se comunicará para vender roupas e acessórios sociais masculinos é diferente de um cenário onde os seus produtos são prioritariamente femininos e em um conceito mais despojado.

Além disso, possuir um nicho de mercado específico torna a experiência do cliente direcionada e facilita tanto o trabalho do time de marketing que irá realizar as divulgações quanto do cliente que buscará por produtos.

Definição de público-alvo

Mais pra frente, falaremos das personas, que são fundamentais para que o marketing digital para roupas e acessórios funcione, porém, antes disso, você precisa definir o seu público-alvo.

Seus clientes serão homens ou mulheres? A classe social do seu público precisará ter maior poder aquisitivo ou os produtos serão mais baratos? Em que região geográfica você atuará diretamente?

Estas informações são fundamentais para embasar qualquer estratégia de marketing e farão com que os seus investimentos sejam cada vez mais assertivos, além de embasar melhor a criação das personas.

Marketing digital para vender roupas e acessórios na prática

Tendo estruturado os dois principais pilares que embasarão qualquer estratégia do seu negócio, você pode começar a pensar em formas de trabalhar o mercado digital para captar mais clientes.

É isso que eu vou te mostrar a seguir, com algumas orientações que servirão como propulsores para o sucesso de vendas do seu negócio.

Posicionamento nas mídias sociais

Atualmente, os principais canais de comercialização de roupas e acessórios são o Facebook, o Instagram e o WhatsApp. Com isso, é fundamental que a sua loja esteja posicionada e atendendo em todos eles.

Para o WhatsApp, o trabalho é individualizado e o atendimento será o foco, com respostas rápidas aos clientes e o fechamento das vendas um pouco mais próximo.

Já no Instagram e no Facebook, o papel da sua loja será mostrar os produtos, entregar conteúdo e, ao mesmo tempo, responder aos interessados que efetuarem contato.

Sem dúvidas, as mídias sociais serão um termômetro importante do sucesso do marketing digital para roupas e acessórios. Dificilmente uma estratégia fará muito sucesso sem passar por esses canais, quando não se tem um e-commerce.

Utilizando o marketing de conteúdo ao seu favor

Além do posicionamento nas mídias, ou seja, de estar presente nelas e ofertar os produtos por lá, é preciso criar um relacionamento com os seguidores e usuários das plataformas, principalmente por meio de conteúdo.

Para mídias sociais

Além de comprar blusas, calças e outros produtos, o seu público também gostará de receber outros tipos de conteúdo, como:

  • Tendências de moda para o nicho;
  • Dicas de looks e composições para determinadas ocasiões;
  • Vídeos e trends para melhorar o engajamento.

Para criar esse conteúdo, você pode utilizar as diversas ferramentas que as mídias sociais, como Instagram e Tiktok, oferecem atualmente. Por exemplo, existem muitos vídeos do Reels e do Tiktok que podem ser feitos pela sua loja.

Esse tipo de conteúdo está com uma possibilidade de alcance orgânico muito maior atualmente e possui um grande potencial de captação de audiência. Sem dúvidas essa é uma grande oportunidade para a sua loja.

Para blogs e Youtube

Além das redes sociais, é extremamente comum que as pessoas procurem por informações no Google, sendo redirecionadas, na maioria das vezes, para blogs ou para vídeos do Youtube.

Nestes canais, os conteúdos são mais densos e mais completos, entregando informações com alto valor agregado e que aprimoram o conhecimento do público.

Para criar conteúdo para esses canais, você pode selecionar as principais dúvidas que os seus clientes possuem e gerar temas de vídeos, sejam individuais ou com compilados de perguntas e respostas.

O mais importante é criar um conteúdo que realmente possua valor agregado, não sendo somente uma postagem para “encher linguiça”. Publicações pobres de conteúdo costumam diminuir o engajamento e serem até prejudiciais.

Integre os seus canais de marketing e vendas

Além de criar conteúdo de forma individualizada, é interessante que haja uma integração entre os canais. Por que não recomendar um conteúdo do blog dentro de um vídeo no Tiktok, e vice-versa?

Além disso, durante o atendimento direto a um cliente, seja pelo Whatsapp ou pelo direct do Instagram, você também pode recomendar conteúdos gerados recentemente e que estejam alinhados com as opções de compra do cliente.

Esse tipo de conduta fortalece os canais, gera valor para o seu prospecto e mostra que a sua marca está realmente preocupada com o consumidor, não está somente pensando em ganhar dinheiro.

Utilize o poder dos influenciadores

Se essa era uma tendência nos últimos anos, em 2021 se tornou uma realidade muito forte. Os influenciadores são responsáveis por boa parte das intenções de compra do consumidor em geral.

É cada vez mais comum o comportamento de pessoas que buscam por roupas e acessórios porque viram determinada pessoa utilizando. Se na sua região existe um influenciador interessante, proponha uma parceria.

Geralmente, estas parceiras envolvem presentear o influencer com algumas peças de roupas ou acessórios e, em troca, ele divulga a sua marca e publica fotos utilizando os seus produtos.

Essa é uma forma muito interessante de gerar um engajamento viral para o seu negócio e captar novos clientes que estão na audiência dos influenciadores selecionados.

Como fazer o trabalho de marketing para roupas e acessórios dar certo?

Não tem como falarmos sobre estratégias de marketing e não abordar alguns temas principais, que servem como base para qualquer ação e tornam o trabalho muito mais assertivo e eficiente.

Defina as suas personas

A partir do público-alvo e de percepções que você adquire sobre os seus clientes, é fundamental que as suas personas sejam definidas. No geral, elas terão informações mais específicas sobre o seu perfil de cliente ideal, como:

  • Nome;
  • Idade;
  • Profissão;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Possui filhos ou não.

Estas informações servirão para que você crie conteúdos cada vez mais personalizados e direcionados para o perfil de cliente selecionado. Afinal, criar conteúdos para mães é diferente de conteúdos para adolescentes, correto?

A partir do momento em que a sua persona for criada, será mais fácil encontrar o formato de comunicação mais indicado e chegar a um trabalho onde as pessoas são realmente impactadas pelas suas publicações.

Tenha objetivos muito bem definidos

Esse é um erro comum para quem começa no mundo do marketing digital para roupas e acessórios. Lojas que não possuem objetivos bem definidos costumam nadar, nadar e morrer na praia.

Portanto, estabeleça metas, crie objetivos específicos para as suas publicações e para os seus conteúdos.

Por exemplo, para o próximo mês, uma de suas metas será zerar o estoque de calças jeans femininas. Portanto, sua estratégia precisa passar por conteúdos que exaltem o jeans e criem a necessidade de compra no público.

Além disso, esses objetivos também embasarão o trabalho com os influenciadores e, também, possíveis promoções e descontos.

Que tal propor uma parceria com um influenciador e estabelecer objetivos. Com o cumprimento dos objetivos, bônus podem ser ofertados e a parceria pode ganhar força.

Acompanhe os resultados e metrifique o trabalho

Não existe marketing digital para roupas e acessórios sem um acompanhamento próximo e metrificado. Ou seja, analise os dados e verifique o que dá e o que não dá certo durante o trabalho.

Isso será fundamental para que as ações que derma certo sejam potencializadas e as que não surtiram efeito sejam reduzidas. Desta forma, você terá maior assertividade nas ações realizadas.

Conclusão

Vender roupas pela internet é uma realidade para a grande maioria dos negócios deste nicho, porém, o que diferencia as lojas que obtém sucesso do restante é exatamente a forma como o trabalho é realizado.

Seguindo os passos sugeridos aqui neste texto, provavelmente você perceberá um crescimento nas suas vendas e uma satisfação maior dos seus clientes.

Coloque o que sugeri aqui em prática e depois volte me contar o que você aprendeu com o processo, combinado? Boas vendas!

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email