v4 company logo blog marketing digital

Como Melhorar a Taxa de Cliques (CTR) Nos Seus Anúncios?

Se você anuncia no Facebook, provavelmente já se deparou com o fato de os seus anúncios aparecerem para muitas pessoas, porém, sem uma grande quantidade de cliques. Como melhorar a taxa de cliques dos anúncios?

Boa parte dos anúncios veiculados por empresas, no Facebook e no Instagram, são com o objetivo de cliques ou de conversões, objetivos estes que levam o usuário para outro ambiente fora da rede social.

Acontece que essa ação, de clicar no anúncio e ir para outro ambiente, não é tão fácil de ser extraída do usuário, já que você estará interrompendo o que ele está fazendo naquele momento para dar atenção para a sua oferta.

É aí que está uma dificuldade muito comum entre os anunciantes: fazer com que mais pessoas cliquem no anúncio sem precisar aumentar o orçamento. Para isso, é necessário melhorar a taxa de clique, ou CTR.

O principal objetivo deste artigo é te ajudar a entender o que é CTR, o que influencia a taxa de cliques e o que você precisa fazer para atingir melhores resultados com relação aos seus anúncios.

O que é CTR?

CTR é a sigla, da língua inglesa, Click Through Rate, que, em português, significa taxa de cliques. Ele é o indicador que mede a relação entre pessoas impactadas e número de cliques no anúncio.

Na prática, o CTR é calculado pela razão entre o número de cliques e o número de impressões, com o resultado multiplicado por 100. Este número final é a quantidade de cliques que o seu anúncio recebe a cada 100 pessoas impactadas.

Por exemplo, se você veiculou um anúncio e este apareceu para 1.000 pessoas, tendo sido clicado 30 vezes, o seu CTR é de 3%. Mas esse número é bom ou ruim? Qual a taxa ideal de CTR?

Na realidade, não existe uma margem universal que defina se um CTR é bom ou ruim, o melhor ponto de comparação são os seus próprios resultados, em outros anúncios ou campanhas.

Seu objetivo será, sempre, melhorar a taxa de cliques, porém, ela depende de muitos fatores, portanto, fica difícil estabelecer um padrão que defina se determinada taxa é considerada boa ou ruim.

CTR é taxa de atenção

Sabemos que o Facebook possui uma metodologia de anúncios que é de interrupção, ou seja, as publicações patrocinadas aparecem para o usuário interrompendo o seu comportamento na mídia social.

Sendo assim, o anunciante precisa utilizar os mais variados artifícios para captar a atenção do usuário, caso contrário ele passará pelo anúncio sem ao menos ler o que está sendo comunicado.

O CTR é um excelente termômetro para entender o quanto o seu anúncio está chamando a atenção das pessoas impactadas. Ninguém clica em algo que não prestou atenção, correto?

Por isso, é necessário empregar algumas técnicas e apostar no inusitado para surpreender e, assim, conseguir ainda mais cliques para as suas comunicações pagas.

Otimize o orçamento aumentando o CTR

O método de cobrança do Facebook para os anúncios já é conhecido, onde a ferramenta cobra para veicular as publicações patrocinadas, independente dos resultados que elas entreguem.

Em um comparativo rápido, o Facebook se comporta diferente do Google Ads, este último que tem um formato de cobrança baseado nos cliques, para os anúncios na rede de pesquisa.

Esse formato de cobrança do Facebook faz com que seja ainda mais importante melhorar a taxa de cliques, afinal, tendo o usuário clicado ou não, o seu orçamento será utilizado e os resultados podem ou não aparecer.

Por isso, busque sempre as melhores taxas de CTR, visando levar mais pessoas para a sua página de destino e aumentando as chances de sucesso das suas veiculações pagas na plataforma.

Nem sempre o CTR é o principal

No entanto, por mais que você queira buscar as melhores taxas de cliques, é importante entender que nem sempre esse indicador será a chave para o sucesso da sua campanha.

Por exemplo, em uma campanha de conversão, onde o objetivo é vender determinado produto, o indicador principal será a quantidade de vendas que o anúncio gerou.

Nesse caso, o CTR será importante para que você entenda se o seu anúncio está ou não chamando atenção, mas não será um diferencial para a sua campanha. Quer saber por quê?

Supondo que você possui 2 anúncios dentro da campanha, um está com o CTR altíssimo, mas com poucas vendas. O outro, pelo contrário, está com um CTR mais baixo, porém, com mais vendas. Qual é o melhor anúncio?

A análise deve estar sempre direcionada ao objetivo da campanha, a taxa de cliques será um indicador secundário, que auxiliará na análise como um todo. Até porque ele depende de dois fatores.

Um anúncio apareceu para 10 pessoas e 5 clicaram, já outro apareceu para 1.000 pessoas, com 50 cliques. O primeiro possui maior CTR, porém, provavelmente, o segundo será melhor para o seu negócio.

CTR depende de impressões e cliques

Por ser um indicador relativo, o CTR também pode representar uma armadilha para o gestor de tráfego. Essa armadilha pode acontecer por conta da forma como o Facebook distribui o orçamento.

Se determinada campanha possui 3 anúncios e um deles está performando melhor (de acordo com o objetivo), o Facebook direcionará a maior parte do orçamento para esse, deixando os outros com menor investimento.

Isso fará com que mais pessoas recebam aquele anúncio e, possivelmente, a taxa de cliques pode diminuir. É aí que está a armadilha. Mesmo com taxas melhores, os outros anúncios não performaram bem e exigem otimizações.

Como melhorar a taxa de cliques dos seus anúncios?

O CTR, como vimos, é um importante indicador, que merece atenção dentro das campanhas, porém, com algumas ressalvas. Por isso, existem algumas formas de melhorar a taxa de cliques dos anúncios que você precisa conhecer.

Em um vídeo do nosso canal do Youtube, inclusive, o nosso especialista Guilherme Lippert fala sobre os principais fatores que podem aumentar a taxa de cliques e os principais erros que fazem com que ela diminua.

A seguir, vamos comentar sobre essas técnicas que você pode utilizar e obter resultados melhores com os seus anúncios.

Testar anúncios novos

Ao criar a campanha, você pode subir uma determinada quantidade de anúncios. O ideal é que, com as otimizações, você faça mudanças nos anúncios, removendo os que estão com baixos resultados e incluindo novos.

A inclusão de novos anúncios é muito importante para testar novas abordagens, novos criativos e novas formas de impactar as pessoas. O Facebook é baseado em testes e você pode abusar deles para alcançar os seus resultados.

Utilize gatilhos mentais

Existem muitas formas de você utilizar gatilhos mentais nas pessoas que serão impactadas pelos anúncios. A descrição, a imagem e o título do anúncio são locais excelentes para a inclusão de um ou outro gatilho.

O mais importante é utilizá-los para captar a atenção do usuário. Esse é o papel de um gatilho mental e, quando bem utilizado, pode conduzir as pessoas a realizar as ações que você deseja.

Testar múltiplos públicos

Normalmente, os seus anúncios atingirão pessoas de perfis diferentes, com idades e gostos diferentes. Dessa forma, provavelmente a resposta de cada um desses perfis será diferente para as suas publicações patrocinadas.

Dessa forma, é interessante que você tenha mais de um público dentro das campanhas, fazendo com que diferentes anúncios impactem diferentes tipos de público e dando maiores chances de aumentar a taxa de cliques.

Entender o público

Esse é um ponto chave, porém, não tão simples de ser explorado. Entender o público é fundamental para que as campanhas tenham sucesso. Aqui na V4, nós sempre citamos o nosso “case dos 4 motivos”.

Basicamente, nós estávamos trabalhando com um cliente que vendia um sistema para academias, entretanto, o desempenho dos anúncios ainda não estava do jeito que gostaríamos.

Sendo assim, buscamos entender melhor o público dos donos de academias e descobrimos que eles tinham um medo constante de o seu negócio quebrar. Sendo assim, utilizamos esse medo como gatilho mental nos anúncios.

Em suma, os nossos criativos começaram a comunicar de forma mais explícita “4 motivos que farão a sua academia quebrar”. Resultado? A taxa de cliques disparou, afinal, o gatilho pegou o público.

O aumento do CTR foi de 90% nessas campanhas, tudo isso porque nós utilizamos uma estratégia de pesquisa e de captação de informações do público-alvo desse cliente.

A persona, novamente, é a resposta

Conhecer o público nada mais é que ter uma persona bem definida. Tendo as principais dores, os desejos e o comportamento do público, você terá as informações necessárias para explorar os pontos mais doloridos.

Sendo assim, seus anúncios têm mais chance de captar a atenção das pessoas impactadas e, consequentemente, melhorar a taxa de cliques dos anúncios, algo que pode potencializar os resultados.

Conclusão

Se o seu objetivo é obter campanhas com melhor performance e melhorar a taxa de cliques dos anúncios, deve realizar otimizações e priorizar ações que captem a atenção do seu prospecto.

Entretanto, deve estar sempre atento aos indicadores que realmente são relevantes para o seu objetivo, utilizando o CTR como uma informação secundária que auxiliará nas otimizações.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email