Vender mais Peças de Roupa com Marketing Digital

O mercado da moda está cada vez mais voltado para o mundo digital. Hoje em dia, vender mais peças de roupa é um desejo de qualquer lojista, mas será que é possível fazer isso sem a internet?

Com exceção do comportamento dos consumidores que estão em Shoppings ou no centro da cidade, de loja em loja para olhar os modelos disponíveis, a maioria das pessoas realiza buscas antes de fazer as suas compras.

É claro que, na internet, não é tão fácil entregar a experiência de ir a uma loja e provar diversas peças para poder escolher aquelas que mais se encaixam no seu estilo, mas é possível entregar algo muito mais personalizado.

No entanto, fazer marketing para o segmento de moda não se resume mais a apenas publicar diferentes peças e looks todos os dias, montando um feed bonito e esperando as mensagens das clientes.

É preciso entregar algo que se adeque ao estilo do seu público, sugerindo conteúdos relevantes com certa constância e trabalhando os contatos durante algum tempo até que as compras sejam realizadas de forma efetiva.

Foi exatamente por esse motivo que escrevi esse conteúdo, pensando em te mostrar o melhor jeito de você criar estratégias que convertam desde clientes extremamente impulsivos até aqueles mais analíticos na hora de fazer compras.

Vender mais Peças de Roupa com Marketing Digital

Para vender mais peças de roupa, comece estudando a sua persona

Todo estabelecimento possui um “público-alvo”. Mesmo que você não o tenha documentado de alguma forma, provavelmente já tem noção de que parcela da sociedade você pretende atingir com as suas peças de roupas.

No entanto, geralmente esse público é estabelecido através de informações demográficas e características rasas, que falam pouco sobre as pessoas que estão buscando peças de roupa.

Se você quer vender mais peças de roupa, precisa encarar o seu segmento de clientes como algo único, realmente humano, que possui sentimentos, preocupações, desejos e sonhos.

Dessa forma, conseguirá conversar com a sua persona de forma mais específica, falando sobre assuntos que são do seu interesse e a trazendo cada vez mais próxima da sua marca.

Diferença entre persona e público-alvo

Para começar a nossa comparação, vamos entender quais são as principais características de um público-alvo:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Profissão.

Por outro lado, temos as personas, que também possuem estas informações, mas que dizem muito mais sobre quem vai comprar os seus produtos. Em uma persona, você possui ainda mais dados, como:

  • Estilo de vida que leva;
  • Possui filhos ou não;
  • Como é a sua rotina no geral;
  • O que gosta de fazer nos fins de semana;
  • Quais são os seus anseios pessoais e profissionais.

Com tais informações, é possível entender que a Ana, que possui 23 anos e é recém-formada em arquitetura busca constantemente conjuntos sociais, para executar as suas funções diárias com uma vestimenta mais adequada.

Além disso, você também saberá que a Ana gosta muito de ir a bares e restaurantes aos fins de semana, portanto, roupas mais despojadas para eventos noturnos também fazem parte do seu guarda-roupas.

Conseguiu perceber a diferença de detalhes na hora de descrever o cliente ideal para o seu estabelecimento? Com quem você acha que é mais fácil conversar: com arquitetas entre 20 e 30 anos ou com a Ana?

A sua persona está em locais específicos da internet

Com um estudo detalhado, principalmente consultando clientes que já consomem os seus produtos, é possível entender as características que definem uma persona.

Entretanto, além de gostos e estilo de vida, é preciso entender os canais que este cliente ideal está inserido. Afinal, para vender mais peças de roupa, você precisará estar nos canais certos para aparecer para os clientes certos.

Voltando ao exemplo da Ana, será que ela utiliza mais o Instagram ou o WhatsApp? Será que utiliza e-mail? O Tiktok é uma opção para entregar conteúdos para ela?

Tudo isso deve ser considerado antes de elaborar uma estratégia de marketing digital, já que você vai querer otimizar ao máximo a sua utilização de recursos, tanto de trabalho quanto de dinheiro.

Vá além do básico e capte leads

Conversar com a sua audiência através de conteúdos no Instagram, por exemplo, pode surtir muito efeito e gerar vendas interessantes para a sua loja de roupas.

No entanto, se, por um dia, o Instagram e o WhatsApp saírem do ar, como você conversará com os seus clientes ou possíveis clientes?

Eu gosto sempre de destacar que toda a audiência que construímos dentro de uma mídia social não é nossa, é da própria ferramenta, que nos empresta enquanto ela estiver disponível.

Ou você acha que os administradores da comunidade “Eu odeio acordar cedo”, do finado Orkut, ainda possuem o contato de todos os membros? E olha que não eram poucas pessoas.

Portanto, procure meios de captar as informações das pessoas e trazê-las para ambientes onde você terá o controle, não um terceiro.

Uma excelente opção é captar o e-mail das pessoas, visando entregar conteúdos personalizados e com melhor garantia de entrega do que nas mídias sociais.

A captação de leads é uma necessidade para grande parte dos segmentos de mercado, incluindo o de moda, principalmente naqueles que exigem maior consideração antes da compra por parte do cliente.

O endereço de e-mail em troca de um conteúdo rico

Naturalmente, as pessoas não entregariam um endereço de e-mail de graça, ou seja, sem receber nada em troca. Afinal, você acha que alguém chegaria no direct do Instagram da sua loja e deixaria o e-mail por nada?

É claro que não. Por isso, você criará conteúdos com um valor agregado considerável e que só poderá ser consumido por pessoas que deixem o seu endereço de e-mail.

Alguns exemplos e conteúdo são:

  • Top 50 combinações de jeans com trajes de banho;
  • Tabela de tamanhos de camisetas das marcas X, Y e Z;
  • Tendências de moda 2022: entenda o que o mercado trará de novidade para o próximo ano.

O mais importante é trazer um conteúdo interessante, que não será facilmente encontrado de forma gratuita na internet e que possua valor o bastante para que o seu visitante queira deixar o e-mail em troca.

A partir daí, muitas possibilidades se abrem para a comunicação com o contato, que chamamos de lead. Inclusive, daremos algumas dicas sobre essa comunicação mais à frente.

Crie relacionamento com seus leads

Um dos principais canais de relacionamento com contatos de forma personalizada, direta e com boa garantia de entrega é o e-mail. Campanhas de e-mail marketing entregam grandes possibilidades de conversão.

Apesar de grande parte das pessoas ainda pensar que o e-mail é um canal ultrapassado e que não é utilizado pelas pessoas, essa ideia está equivocada e vai de encontro aos dados que o mercado coleta constantemente.

Campanhas de e-mail possuem um custo muito mais baixo do que qualquer outro canal pago da internet, como campanhas de anúncios no Facebook ou no Google.

Além disso, elas garantem a entrega para a quase totalidade da sua base de contatos e permite uma série de personalizações na comunicação, incluindo tratar o seu lead pelo nome, apelido ou qualquer informação que você possua.

Como enviar e-mail marketing para vender mais peças de roupa?

Se você possui o e-mail da pessoa, ela se cadastrou para baixar algum conteúdo ou para solicitar informações sobre determinada peça de roupa. Em ambos os casos você possui alguma informação de interesse do lead.

A partir daí, é interessante que você entregue pitadas de conteúdo relacionado ao seu interesse. Por exemplo, se as pessoas baixaram um material sobre roupas sociais, por que não entregar mais conteúdo a elas?

Novidades sociais que chegaram à loja, ou combinações de looks que possam encaixar em reuniões com clientes. Além disso, você ainda pode entregar promoções de forma personalizada, como cupons de desconto.

Tudo isso só é possível com uma captação de leads bem executada e uma segmentação da sua base de contatos com base nos seus interesses, ou pontos de conversão.

Tudo isso é possível com uma ferramenta de automação de marketing. Ela será a responsável pela segmentação dos seus contatos de acordo com a sua configuração, facilitando o relacionamento posterior.

Mostre ao cliente que você está interessado em mais do que apenas a venda

Focar em experiência é fundamental para vender mais peças de roupa através do marketing digital. Por isso, o relacionamento é tão importante.

Em um mundo cada vez mais automatizado, a personalização e o tratamento das pessoas pelo seu nome, através da internet, se tornaram um diferencial muito importante.

Por isso, trabalhe o relacionamento com os seus contatos de forma próxima e não abusiva. De nada adianta você enviar uma nova coleção de praia para pessoas que não possuem tal interesse.

Envios de conteúdos inadequados não só possuem um baixo índice de conversão como prejudicam o relacionamento, por isso devem ser evitados.

Conclusão

O mercado da moda está cada vez mais concorrido, portanto, lojas que querem vender mais peças de roupa precisam inovar e partir para métodos de relacionamento diferentes do convencional.

De repente, optar por estratégias que transcendem as tradicionais mídias sociais podem ser um ponto de partida para se diferenciar em um mercado local.

Deixe seu Comentário

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email

email marketing v4 company

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos posts diretamente em seu email