Como fazer uma LINHA EDITORIAL - V4 Company
linha editorial
Artigos

Como fazer uma LINHA EDITORIAL

Uma das formas de vender mais é através de marketing inbound. Para isso, você precisa gerar conteúdo em suas mídias sociais. E para gerar conteúdo você precisa de uma linha editorial.

Isso é importante, pois, na criação de conteúdo é preciso que você tenha um objetivo. Muitas empresas acham que estão conseguindo boa interação com seus seguidores através de publicações com “Bom dia” ou “Feliz Páscoa”. Porém, na prática, isso não funciona.

Você deve ter uma linha definida de conteúdo, que leve seu cliente por um caminho até uma ação definida: uma call-to-action (uma chamada para ação). Em outras palavras, você vai interagir com a pessoa até que isso resulte em uma venda.

marketing-e-vendas

Ter uma boa linha editorial resultará em maior nível de consciência e estreitará os laços com seu consumidor.

Então, se você já tentou produzir conteúdo deve ter enfrentado o desafio de produzir uma linha editorial: O que produzir? Quando produzir? Que critérios utilizar?

Uma linha editorial não é nada mais do que saber o que produzir de conteúdo ao longo de sua semana.

Nesse post, vamos sugerir 5 conteúdos para sua linha editorial e como organizar sua publicação em um calendário.

#1  – Técnicos

Conteúdos técnicos são produções específicas sobre alguma área de domínio de sua empresa. Por exemplo: se seu negócio é da indústria têxtil, você pode produzir conteúdo sobre tecidos.

Esse tipo de post envolve um conteúdo mais profundo, denso, e longo; onde você pode trabalhar algum assunto de seu conhecimento de modo mais trabalhado.

Um post técnico aumenta o nível de consciência do seu consumidor. Se você criou um software, por exemplo, ao criar conteúdo técnico apresentando sua ferramenta, você pode explicar como utilizar seu software, ou de que modo ele resolve o problema de seu cliente e coisas do tipo.

Geralmente o público desse conteúdo é mais engajado e já chega mais pronto para um call-to-action mais agressivo.

#2 – Cotidiano

Outro tipo de publicação muito útil são publicações de cotidiano, pois elas humanizam sua empresa.

Esse tipo de conteúdo é mais simples e despojado. A ideia é criar algo como um making of de seu empresa, revelar seus bastidores.

Para esse tipo de conteúdo, você pode utilizar ferramentas como o stories, do Instagram, mostrando os funcionários trabalhando e/ou brincando. A V4 Company faz muito esse tipo de publicação.

Importante: não confunda conteúdo de cotidiano com um post de “Bom Dia!” aleatório.

A finalidade de incluir posts de cotidiano na linha editorial de sua empresa é criar uma espécie personagem mais palpável com o qual seu público possa se relacionar.

Dessa forma, sua empresa ou marca deixa de ser algo abstrato na mente do consumidor.

#3 – Provas Sociais

Sua linha editorial também precisa ter provas sociais. Provas Sociais são pessoas dando algum testemunho ou falando bem de sua empresa.

Essas provas são importantes porque seu espectador se identifica com a pessoa que está dando o depoimento (que é uma pessoa comum, como ele) e passa a gostar de sua empresa em razão do testemunho recebido.

O ponto importante desse tipo de conteúdo é a criação de um ponto de vista externo sobre seu produto.

Esse ponto de vista externo gera confirmação para sua empresa.

Você pode falar repetidas vezes sobre o quão bom é seu produto ou serviço, mas isso terá muito mais impacto de vier dito por alguém de fora.

#4 – Lives

Aqui na V4 Company, fazemos muitas lives. Além disso, sugerimos a nossos clientes que também as façam.linha editorial

Sugerimos que você inclua esse conteúdo em sua linha editorial, pois ele é um ótimo meio de gerar interações em tempo real: você está ao vivo, respondendo perguntas e tirando dúvidas.

Para estruturar o conteúdo, utilizamos a estrutura de três atos, que explicamos nesse post.

Destacamos que o público que fica assistindo uma live até o fim, está muito quente — pronto para um call-to-action.

#5 – Autoridade

Esse tipo de conteúdo envolve transferência de autoridade.

Isso é interessante porque você vincula sua imagem com figuras de autoridade de sua área.

A finalidade disso é gerar algum tipo de associação com alguém que possua mais autoridade que você em sua área, de modo que ela seja transferida para você.

Um exemplo disso é a academia Pronadar, que se associou com o Gustavo Borges, referência nacional na área de natação. A Pronadar já possui reputação como academia e no ramo da natação, mas quis uma parceria com a metodologia Gustaco Borges para atrair ainda mais autoridade.

Há muitas outras formas de realizar transferência de autoridade. Você pode gravar um podcast com uma referência na sua área, fazer posts no Instagram citando figuras de compatência no seu ramo, ou artigos de universidades de renome sobre seu campo de atuação — qualquer coisa que associe sua imagem a uma figura de autoridade relevante para seu negócio.

Calendário da linha editorial

Tendo sua linha editorial pronta, você precisa apenas de um calendário. O que você vai publicar durante a semana?linha editorial

Decida isso e replique toda semana. Esse é o resultado de sua linha editorial.

Cada dia, você lançará um conteúdo diferente.

O interessante é que você consiga criar alguma relação entre os conteúdo publicados. Por exemplo: o conteúdo técnico pode falar sobre uma prova social, um post cotidiano pode indicar alguma live, e assim por diante. Desse modo, você cria maior coerência entre suas publicações.

Seu design também pode ajudar a criar coerência entre as publicações, por isso tome cuidado com isso.

Se você não conhece muito de marketing, design, ou produção de conteúdo, não deixe de conhecer nossa formação Cientista do Marketing Digital: http://bit.ly/2TaeixR

Caso você tenha uma empresa e precisa de uma assessoria de marketing e vendas, acesse: http://bit.ly/2T7b52b

Para saber mais sobre como criar uma linha editorial:

Para mais informações, assista também:

 

Rumenig Pires

Editor de vídeo e redator na V4 Company. Mestre em Comunicação, formado em Comunicação Digital.

Mais posts

Follow Me:
LinkedIn

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo