Vender moda online é lucrativo?

Marketing Digital para empresas de moda é o assunto que domino e hoje gostaria de rapidamente comentar um assunto que circula muito nas rodas de negócios quando se fala em e-commerce. Esse assunto é a inviabilidade da operação no e-commerce brasileiro.

Em minha agência digital, boa parte dos clientes que atendi em minhas assessorias que não obtinham sucesso no e-commerce sempre faziam o mesmo comentário: “É impossível ter sucesso com e-commerce, é só promoção. Olha a Netshoes ou Dafiti, não dão lucro, são quebrados!”. Fico muito chateado com esses comentários e falo para essas empresas que, em primeiro lugar, na maioria dos casos eles não têm conhecimento administrativo suficiente para compreender uma operação bilionária como a desses dois e-commerces. O fluxo de caixa e os investimentos da operação deles não são nada simples e sua estratégia é ousada. Pode não dar lucro, mas quem disse que essa não é a sua estratégia?

Outro ponto são as promoções. Muitas empresas que conheci não investem no ecommerce porque acham que o mercado vive de promoções. Isso é um pensamento muito ignorante e deixa claro que a empresa tem um conhecimento limitado sobre estratégias de marketing. A promoção é uma ótima forma de trazer um cliente para dentro de sua loja, para ele conhecer, testar o seu modelo de negócio. É uma estratégia muito inteligente no e-commerce, onde o consumidor tem diversas dúvidas sobre a segurança da operação. A empresa pode até perder um pouco de margem nessa primeira venda, mas o real lucro está na próxima venda.

Boa parte das vendas da Netshoes e Dafiti vêm do e-mail marketing, que faz com que clientes que fizeram sua primeira compra no site e tiveram uma experiência satisfatória voltem. Além disso, essa primeira experiência de compra obtida através de uma promoção faz com que o cliente conheça e lembre da empresa numa possível compra.

Para você ter uma noção, segundo o Google, mensalmente são feitas mais de 7 milhões de buscas por palavras relacionadas a Netshoes e Dafiti. Isso prova que a estratégia de comunicação e promoção das empresas vem sendo bem sucedida. Para ficar mais claro o resultado dessa estratégia em sua mente, você pode observar mais essa informação cedida pelo Google num comparativo entre Netshoes e Riachuelo, sendo esta última uma empresa de moda gigante com diversas lojas e grande investimento na mídia de massa.

O número de buscas por Riachuelo não chega nem a 1/4 se comparado ao da Netshoes. Em resultados de vendas isso significa trafégo grátis. De todas essas pessoas que buscam pela empresa online, boa parte está disposta a comprar e esse tráfego não vai ter nenhum custo para empresa, que dessa vez faz uma venda com margem cheia.

Além de tudo isso, a operação dos e-commerces de moda são tão viáveis quanto uma operação offline, mesmo tendo margens reduzidas, devido ao grande volume de vendas. Faça um comparativo: a mesma infraestrutura de uma operação física de uma loja pode gerar uma venda X, limitada devido ao tamanho do mercado onde a loja fica instalada. Já uma loja virtual com a mesma operação não tem limites geográficos de mercado: a mesma central pode atender o país inteiro e, em muitos casos, outros países.

Ambos os negócios são viáveis. O que os empreendedores têm que entender é que uma operação online é muito diferente de uma operação física. Então não pense que suas estratégias e modelo de negócio utilizados nas lojas físicas vão funcionar no digital. São canais de venda diferentes e, por tal motivo, as estratégias também serão.

Deixe seu Comentário

Posts Recentes

O que a V4 faz?

A V4 é uma Assessoria de Marketing Digital que aprimora e potencializa o seu processo de vendas pela internet.

Diferente de muitas agências, que usam parte do valor que você investe em mídia para a própria remuneração, nós não agenciamos nada. Na V4, não há conflito de interesses. Nosso foco absoluto é gerar resultados para os nossos clientes.

Contamos com mais de 80 escritórios por todo Brasil, com especialistas treinados para diagnosticar o momento do seu negócio e aprimorar as ações de marketing digital, para você vender mais

São mais de 8 anos de atuação e mais de R$ 12 milhões investidos em marketing digital. Neste período, já ajudamos desde grandes marcas como Spotify, W12, Wizard, até pequenas academias de bairro.